top of page
  • Foto do escritorRay Hi

Ah Ano Velho...

Ah Ano Velho...


Sei que você não era ranzinza por querer.


O mundo se tornou mais frio, mais insano, mais sem sentido.


Você nasceu ingênuo com grandes expectativas e foi envelhecendo


rápido à medida que o caos e a desilusão se instaurava.


Sei que não foi sua culpa aguentar os humanos e suas falhas.


Não foi fácil se manter de pé enquanto via a sociedade dar o tiro no próprio pé.


Mas Ano Velho, você foi rancoroso.


Você nos levou grandes nomes, levou para túmulos


Túmulos tão silenciosos quanto a dor que nos causou.


Foram artistas, foram jogadores, foram pessoas maravilhosas


E com certeza levou muita gente querida que não saberemos nomear.


Você nos mostrou desastres naturais


E nos trouxe o pior ano de nossas vidas.


Foram muitas as queixas e foram muitos:


"Meu Deus, acaba logo 2016"


Entenda, isso não é um desafio para a 


sua próxima versão.


Não queremos um 2016 - parte 2


Queremos algo para renovar, mudar, transformar.


Para Melhor.


Sabemos também que isso não depende de você.


Apenas uma troca de calendário não é nada para


mudar uma vida que não queira se movimentar.


Mas dá uma forcinha pra gente...


Desculpe-nos a plantação de legumes e frutas que deixamos


Mas nesse último suspiro do ano que você


nos deixa, uma coisa você definitivamente nos ensinou :


Temos a solução em nossas mãos, 


Se por um acaso o próximo ano for uma sequência mal 


sucedida do ano anterior, não se preocupe


Desse abacaxi que sobrou poderemos fazer um doce para celebrar


ou uma caipiroska pra afogar as mágoas.


Dos pepinos faremos salada, isso no mínimo, nos 


deixará fortes e fará bem à saúde.


Sendo assim: Manda ver!



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page